Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

menu

X1 cresce no Brasil e conquista cada vez mais Estados

O X1 começa 2023 com uma grande perspectiva. No ano passado, a modalidade se tornou uma realidade no Brasil e ultrapassou as fronteiras de Pernambuco, que foi o pioneiro do esporte. Em 2023, o Desafio Um pra Um começa a temporada se consolidando e ganhando cada vez mais força em vários Estados. E, claro, iniciando os planos para ultrapassar o território brasileiro.

X1 Cresce no Brasil. (Imagem: Designer Roberto Buarque)
X1 Cresce no Brasil. (Imagem: Designer Roberto Buarque)

Assim como o futebol é o esporte da massa, o X1 também caiu nas graças do povo. A modalidade deixou de ser uma simples aposta entre amigos e virou um projeto profissional para times, atletas, profissionais do staff e investidores do mundo da bola.

Veja onde o X1 é forte no Brasil

Pernambuco

O Estado é o berço do 1×1. Nas lentes do pioneiros e influenciador digital Ney Silva, vários jogadores foram e continuam sendo revelados. Dessa maneira, todos os jogadores de Pernambuco são respeitados no cenário. Quando entram em campo, os atletas mostram um repertório completo com raça, técnica e habilidade. Entre eles: Vassoura, Professor Marivanio, Daniel Coringa e Mané.

Ceará

As joias do X1 oriundas do Ceará possuem um DNA parecido com as feras de Pernambuco. Não à toa, por exemplo, Louva foi contratado pela BETesporte após a última etapa no Estado do Desafio 1×1. Garra, finalização, marcação e dribles também são características possíveis de observar em atletas como Bololô, Ryan e Ramon.

São Paulo

São Paulo tem, no momento, o jogador que é o “01” do X1 e atual dono do cinturão nacional do Desafio Um pra Um. Bolt é o nome da fera! O jovem atleta surpreendeu a todos esbanjando muita qualidade técnica dentro da “jaula” e seguindo “ao pé da letra” as estratégias das partidas. Junto com o atual campeão, também surgiu o paredão Vitão.

      Leia também: Desafio Um pra Um: Veja a retrospectiva e os destaques de 2022 (desafio1pra1.com)

Rio de Janeiro

A Cidade Maravilhosa se especializou nesses anos em produzir jogadores habilidosos de X1. Os cariocas gostam dos dribles curtos e rápidos, além dos lances abusados. Os gols não costumam ser simples e as jogadas quase sempre possuem uma “ginga” diferenciada. Lá, surgiram nome como Leleti, Juninho Diamente e Yan Coringa.

Amazonas

Na Região Norte, o Amazonas é o principal palco do X1. O Estado ainda não atingiu o patamar de Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo. Porém, fomentar talentos deixou de ser um sonho e viralizou uma realidade. É questão de tempo e treino para os craques ganharem projeção nacional.

Tem muito mais por aí

O 1 pra 1 também “cresce sem freio” no Rio Grande Sul, Rio Grande do Norte, Belém e Maranhão. Atualmente, cada canto do Brasil já ouviu falar da modalidade. Além disso, cresce cada vez mais o número de amantes e interessados em participar de alguma maneira do X1.

Pioneiro do Desafio 1 pra 1, Ney Silva tem mais de 1,1 milhão de seguidores no Instagram. Já a organização Desafio Um pra Um tem mais 78 mil inscritos no canal do Youtube.

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

Enviamos para você nossa newsletter com as últimas novidades, materiais e conteúdos gratuitos.

2 comentários em “X1 cresce no Brasil e conquista cada vez mais Estados”

  1. Tem que lembrar do estado de Goiás também que está crescendo, já venceram Pernambuco 2 vezes em jogos de x2 valendo 100k. Disputando várias outras competições importantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *